Orbita News

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home SOCIEDADE

Sociadade

E-mail Print PDF

Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira 2009

Porto, 08 julho – A maestrina Joana Carneiro foi hoje distinguida com o Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira 2009, atribuído anualmente pelas Caves Ferreira, em Gaia, a uma mulher portuguesa com "valores pessoais e profissionais" semelhantes aos da "Ferreirinha".

Para o júri da 22.ª edição do prémio, liderado por Artur Santos Silva, Joana Carneiro “destaca-se pelo seu percurso profissional e académico, aliado a uma jovialidade e talento excecional”.

Valores que, sustenta, regeram igualmente a vida de Dona Antónia, nascida a 4 de julho de 1811 e falecida a 26 de março de 1896 e que, carinhosamente, ficou conhecida como "a Ferreirinha".

Nascida em Lisboa, Joana Carneiro “muito cedo decidiu que queria ser maestrina”, lê-se num comunicado da Sogrape, que detém as Caves Ferreira.

“A sua paixão pela música levou-a a ingressar no curso de Direcção da Academia Nacional Superior de Orquestra, em Lisboa, que acabou por lhe traçar o caminho para o sucesso. Hoje, a maestrina Joana Carneiro é dona de um invejável percurso que a levou já a dirigir conceituadas orquestras internacionais”, acrescenta.

Nomeada, em janeiro de 2009, Diretora Musical da Orquestra Sinfónica de Berkeley, na Califórnia (EUA), Joana Carneiro é também Maestrina Convidada da Orquestra Gulbenkian, com a qual trabalha pelo menos quatro semanas por ano.

Recentemente, foi distinguida com o Prémio Helen M. Thompson, atribuído pela Liga das Orquestras Americanas.

De acordo com o júri do Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira, a atribuição do galardão a Joana Carneiro “teve por base o seu talento excecional na área musical” e o facto de se destacar “como uma das mais promissoras jovens maestrinas da sua geração”.

“Em Joana Carneiro distingue-se a perseverança em atingir objetivos pessoais e profissionais que, tal como a Dona Antónia, irão seguramente marcar uma longa carreira de sucesso”, sustenta.

Segundo a Sogrape, o prémio "pretende servir de estímulo a uma iniciativa ou empreendimento em fase de lançamento ou desenvolvimento ou constituir uma consagração de uma obra realizada".

"Os descendentes de Dona Antónia distinguem anualmente uma figura feminina portuguesa que, mercê das suas características humanas e capacidades profissionais tenha contribuído de forma marcante para o desenvolvimento do país e para a projeção de Portugal no mundo", refere.

Presidido por Artur Santos Silva, presidente da assembleia geral da A.A. Ferreira S.A., o júri do Prémio Dona Antónia integra dois representantes dos co-instituintes do prémio e dos descendentes de Dona Antónia (Maria João Spratley Ferreira, pelo ramo Ferreira, e Francisco Javier Olazabal, pelo ramo dos Condes de Azambuja).

Do júri fizeram ainda parte o presidente da Associação Comercial do Porto (Rui Moreira), o presidente da Associação Empresarial de Portugal (José António Barros) e ainda dois membros convidados: Luís Valente de Oliveira e Rui Guimarães. (Lusa)

 

Menu Principal


FACEBOOK

Visit our facebook page

Contador de Visitas

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterToday146
mod_vvisit_counterYesterday539
mod_vvisit_counterThis week1294
mod_vvisit_counterLast week1133
mod_vvisit_counterThis month4370
mod_vvisit_counterLast month3416
mod_vvisit_counterAll days143043

We have: 7 guests online
Your IP: 54.81.76.247
 , 
Today: Jul 19, 2018

Converte Moeda

Convert 

into

  

Currency Rates Table