Orbita News

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home SOGRAPE

Sogrape

E-mail Print PDF

 

Sogrape aposta nos espumantes para reforçar vendas em Portugal


O grupo português prepara-se para lançar um novo espumante no mercado nacional.

A Sogrape Vinhos, empresa do universo do maior grupo vitivinícola português, quer crescer nos vinhos espumantes, área que vale menos de 5% do seu volume de vendas. A empresa acredita no potencial de crescimento deste segmento para contribuir para o crescimento das vendas, num ano que será difícil com a crise.

"Em Portugal e também a nível internacional, o mercado de espumantes está a crescer", explica Francisco Ferreira, presidente executivo da Sogrape Vinhos, unidade empresarial que responde por 80% da facturação do grupo. No ano passado, o mercado português de espumantes cresceu 16% em volume e 8% em valor. Segundo apurou o Diário Económico, as vendas rondaram 40 milhões de euros.

Para aproveitar a crescente apetência do mercado, a Sogrape Vinhos vai lançar já este mês o "Gazela Sparkling", reforçando para três marcas o portfolio de espumantes. "A marca Gazela - uma marca com sucesso, jovem - e a tendência do mercado de espumantes estão na origem do desenvolvimento do Gazela Sparkling", explica Francisco Ferreira, recusando ser um lançamento para procurar contrariar a quebra de consumo no País. "É uma área onde esperamos crescer mais."

Para já, o Gazela Sparkling será lançado apenas em Portugal, mas o seu desenvolvimento foi também a pensar nos mercados internacionais, com destaque para os Estados Unidos e Angola. "A prioridade é o mercado nacional, onde nestes próximos três meses vamos colocar 25 mil garrafas. E posteriormente os Estados Unidos e Angola, porque são mercados onde o Gazela já tem algum impacto", frisou Francisco Ferreira. "Portugal vale 30% das vendas da Sogrape, por isso quando desenvolvemos um projecto de marcas como Mateus ou Gazela acabamos sempre por pensar nos mercados internacionais."

A aposta num vinho espumante Gazela (já contam com o Mateus Sparkling e o espumante ‘premium' Quinta dos Carvalhais, na foto) deve-se à associação da marca a um público jovem, à sua aceitação no mercado nacional (vale 50% das vendas do Gazela) e ao objectivo de "descelebrizar o consumo de espumante", ainda muito associado a momentos festivos.

As vendas do Gazela subiram 11,8% em 2010, alavancadas no aumento de 15,7% em Portugal e ainda no comportamento nos EUA, Canadá e França. A marca valeu 7% das vendas do grupo liderado por Salvador Guedes.

Segundo Francisco Ferreira, as vendas de Gazela "continuam a crescer nos Estados Unidos na casa dos dois dígitos e este lançamento vai reforçar mais a marca" nesse país. Os EUA são o segundo mercado do grupo Sogrape, tendo valido 12% das vendas de 188,7 milhões em 2010.

As perspectivas da Sogrape Vinhos para o corrente exercício são cautelosas. "Nos mercados internacionais não estamos a sentir muito a crise - há bolhas de crescimento como nos EUA, Brasil, Europa de Leste, Ásia -, as vendas têm estado equilibradas, o impacto cambial é o que se sente mais", admite o gestor. "O mercado nacional tem sido muito difícil, mas é preciso aguardar até ao final do ano", época muito relevante no consumo de vinhos.

 

Last Updated on Sunday, 04 September 2011 23:56  

Menu Principal


FACEBOOK

Visit our facebook page

Contador de Visitas

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterToday284
mod_vvisit_counterYesterday68
mod_vvisit_counterThis week420
mod_vvisit_counterLast week513
mod_vvisit_counterThis month1669
mod_vvisit_counterLast month2372
mod_vvisit_counterAll days148618

We have: 33 guests online
Your IP: 54.166.141.69
 , 
Today: Sep 18, 2018

Converte Moeda

Convert 

into

  

Currency Rates Table